Jardim Botânico de Curitiba – Ingressos, Como Chegar e Dicas

Fonte: Canva
04/08/2023

Principal cartão postal da capital paranaense, o Jardim Botânico de Curitiba é praticamente uma parada obrigatória para os turistas. Com uma beleza única e diversidade de atrativos, o local reserva várias possibilidades para explorar em sua viagem por Curitiba.

E se você está planejando sua viagem, está no lugar certo! Neste artigo, vamos mostrar tudo o que você precisa saber para aproveitar ao máximo sua visita. Incluindo informações sobre como chegar, horários de visitação, principais atrativos, opções de hospedagem e muito mais!

Como chegar ano Jardim Botânico de Curitiba

Jardim Botânico de Curitiba

Fonte: Canva

O Jardim Botânico de Curitiba fica a cerca de 5 km do centro da cidade e o acesso principal é pela Rua Engenheiro Ostoja Roguski, nº 350. O local é de fácil acesso, tanto para quem está de carro quanto para quem utiliza o transporte público.

Se estiver de carro, você pode usar o GPS para chegar facilmente ao local. Há estacionamento gratuito e disponível para os visitantes, mas o espaço é bem concorrido. Portanto, recomendamos que chegue cedo.

Para quem prefere utilizar o transporte público, as linhas de ônibus que passam próximas ao Jardim Botânico de Curitiba são: Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa que param ao lado do jardim. Outras opções que param em frente são: Linha Cabral/Portão e Linha Alcides Munhoz.

O Jardim Botânico de Curitiba

Vidros do Jardim Botânico de Curitiba

Fonte: Canva

São mais de 17 hectares com trilhas, lagos, jardins, a icônica estufa de vidro e um enorme bosque que compõem o Jardim Botânico de Curitiba. Então já dá para imaginar a variedade de atrativos para explorar, não é mesmo?

Atrativos Principais

Para conhecer um local e não perder nada do que ele pode oferecer, o ideal é que saibamos antes de nosso passeio, exatamente quais são os principais pontos de lazer deste! Portanto, agora, iremos conferir os principais atrativos do Jardim Botânico de Curitiba.

Museu Botânico Municipal

O Museu Botânico Municipal fica em frente a um grande lago no Jardim Botânico. Este é um importante espaço destinado à pesquisa e conservação da flora brasileira, com um acervo de mais de 400 mil amostras de plantas.

A estrutura do museu conta com auditório, centro de pesquisas, biblioteca e salas de exposições.

Jardim das Sensações

O Jardim das Sensações foi projetado para estimular os cinco sentidos dos visitantes. Em uma trilha de 200 metros, os visitantes podem tocar, cheirar e sentir as texturas e aromas das plantas, proporcionando uma conexão mais profunda com a natureza. É uma experiência única!

Estufa do Jardim

A Estufa do Jardim Botânico é o cartão postal mais famoso de Curitiba. Inspirada no Palácio de Cristal de Londres, o projeto é do arquiteto Abrão Assad. A estrutura metálica com paredes de vidro abriga várias espécies botânicas nativas do clima tropical. Lá de dentro, é possível ter uma vista privilegiada do jardim e tirar fotos incríveis.

Galeria das 4 Estações

Localizada atrás da Estufa, a Galeria das Quatro Estações é um espaço para contemplar a natureza com diversas plantas nativas.

Na parte semi coberta, os vasos, jardins e canteiros representam as quatro estações do ano. Eles são formados por texturas e cores típicas de cada estação.

Jardim Francês

O Jardim Francês fica em frente à Estufa. O design do local foi inspirado nos jardins franceses clássicos, com tapetes de flores que encantam os visitantes e rendem boas fotos.

Além disso, a área é ideal para caminhar, relaxar e apreciar a beleza das flores.

Lagos

Os lagos do Jardim Botânico são mais um atrativo especial que proporcionam uma atmosfera tranquila e relaxante. Também é possível caminhar ou correr em volta dos lagos com as pistas de caminhadas no local.

Horário de Funcionamento do Jardim Botânico de Curitiba

Jardim Botânico Iluminado

Fonte: Canva

O Jardim Botânico de Curitiba está aberto para visitação todos os dias da semana, incluindo feriados, das 06h às 19h30. A única exceção é o Jardim das Sensações que funciona de terça a domingo das 09h às 17h e permanece fechado em períodos de chuva ou enquanto o percurso estiver úmido.

Ingressos para o Jardim Botânico de Curitiba

A entrada no Jardim Botânico de Curitiba é gratuita. Então, além de ser um importante destino turístico, o passeio é econômico.

Quanto tempo dura o passeio pelo Jardim Botânico

O tempo de visita ao Jardim Botânico varia muito de acordo com o interesse e a disponibilidade dos visitantes. Enquanto alguns preferem fazer uma visita rápida, outros gostam de explorar cada cantinho com calma. Então, em média, o passeio completo ao parque pode durar de 2 a 3 horas.

Onde comer próximo no Jardim Botânico de Curitiba

Mesa de refeição servida com vinho

Fonte: Curitiba Restaurant Week

E depois de explorar as belezas do Jardim Botânico de Curitiba, nada como um bom lanche ou refeição, não é mesmo?

Confira algumas sugestões de restaurantes próximos ao parque:

  • Bistronomia: o restaurante fica a poucos metros do parque. O cardápio autoral conta com almoço em buffet por quilo, a la carte, café da manhã e lanches como tapiocas, crepiocas e omeletes.

Endereço: Rua Lourenço José Tiepolo, nº 77.

  • Botanical Garden Café: com vista para o Jardim Botânico, a cafeteria serve cafés, chás, sucos, opções de salgados, doces, refeições, além de uma lojinha de artesanatos.

Endereço: Rua Engenheiro Ostoja Roguski.

Onde se hospedar próximo ao Jardim Botânico

Master Curitiba Hotel Centro

Fonte: Booking Master Curitiba Hotel Centro

Se você está planejando passar alguns dias em Curitiba para aproveitar o Jardim Botânico e outros atrativos turísticos da cidade, é bom considerar opções de hospedagem próximas ao parque. Aqui estão algumas sugestões de locais aconchegantes e bem avaliados no Booking:

  • Bela Curitiba Hostel: a acomodação conta com estacionamento, cozinha compartilhada e todos os quartos possuem guarda-roupa e varanda com vista para a cidade. Alguns incluem uma cozinha compacta com frigobar e fogão.
  • Master Curitiba Hotel Centro: a 2,7 km do Jardim Botânico, o hotel tem uma boa localização próximo de bares, restaurantes e lojas. Os quartos incluem TV, ar-condicionado e banheiro privativo e os hóspedes têm café da manhã incluso.

Melhor Época para visitar o Jardim Botânico de Curitiba

Bancos ao ar livre do Jardim Botânico de Curitiba

Fonte: Canva

Curitiba tem as estações bem definidas e é conhecida por invernos frios e verões frescos. A melhor época para visitar o Jardim Botânico é durante a primavera, principalmente nos meses de setembro a outubro.

Neste período, o jardim está em floração, proporcionando um cenário colorido e encantador. Além disso, as temperaturas são mais agradáveis nesta época do ano.

Dicas Importantes para Visitação

Jardim Botânico com flores na primavera

Fonte: Canva

Para que você possa aproveitar ao máximo o passeio e evitar transtornos, respeite as regras do parque e siga as dicas importantes:

  • Respeite a natureza: o Jardim Botânico é uma área de preservação ambiental. Portanto, é essencial respeitar as plantas, não retirando flores e folhas dos jardins.
  • Não alimente os animais que vivem no local e evite fazer muito barulho;
  • Não é permitido a entrada com roupas de banho ou sem camisa;
  • Use roupas leves e sapatos confortáveis para passear dentro do parque;
  • Respeite as regras que proíbem jogos com bolas, gincanas ou outros tipos de jogos de disputa.

 

Preparado para explorar a beleza e as atrações do Jardim Botânico de Curitiba? Aproveite sua viagem pela capital paranaense para conhecer a diversidade de plantas, lindos jardins e a arquitetura marcante da estufa. Gostou das dicas? Conte nos comentários!