Vale das Ostras em São Paulo – Melhores Dicas para Curtir este Paraíso!

Fonte: Canva
05/09/2023

Se você adora se conectar com a natureza, curte uma aventura e gosta de trilhas, então você não pode deixar de conhecer o Vale das Ostras.

Esse destino oferece muitos atrativos, principalmente voltados ao ecoturismo. Além disso, esse paraíso abriga um dos biomas mais ricos em biodiversidade do Brasil, a Mata Atlântica.

As paisagens que você vai encontrar pelo caminho são encantadoras e a chance de observar a fauna e a flora presentes no local é única! E é lá que você vai conhecer a cachoeira eleita mais bonita de SP.  Então vem conferir onde fica, como chegar e tudo sobre o Vale das Ostras!

Onde fica o Vale das Ostras

Cachoeira no Vale das Ostras, em São Paulo

Fonte: Avohai Ecoturismo

O Vale das Ostras fica no interior de São Paulo, mais precisamente na cidade de Eldorado, que fica a aproximadamente 240km da capital. Essa é uma região muito procurado pelos aventureiros e amantes da natureza.

Como chegar no Vale das Ostras

Estrada

Fonte: Canva

O Vale das Ostras no meio do caminho entre Curitiba e São Paulo, então o acesso é fácil e não é tão longe das capitais, sendo uma ótima opção de passeio para fugir da agitação da cidade grande.

De ônibus

Para chegar no Vale das Ostras de ônibus, você pode optar por embarcar em um ônibus saindo de São Paulo até Registro, são em média 3h30m de viagem. Após chegar na cidade, é só seguir até Eldorado de ônibus, o que vai levar cerca de 40m, ou seja, bem pertinho. Caso esteja saindo de Curitiba, você deve fazer a mesma rota, passando em Registro primeiro e depois seguir para Eldorado.

Melhor época para visitar o destino

Por ser uma área com cachoeira e também rios, o ideal é evitar período chuvosos, até por uma questão de segurança. Então é legal evitar o mês de outubro e o período do verão. Mas sempre procure se informar sobre a previsão do tempo antes. No geral, no meio do ano, entre junho e julho chove bem menos.

Agora você já pode planejar seu passeio para esse paraíso, um final de semana é suficiente para recarregar as energias nesse lugar e voltar para a rotina com mais tranquilidade. Então, não deixe de conhecer o Vale das Ostras e compartilha essa matéria com quem vai curtir esse passeio com você!

Como é a Trilha do Vale das Ostras

Inicio de trilha no Vale das Ostras

Fonte: Viva o Vale

Antes de mais nada, é importante que você saiba sobre o nível de dificuldade da trilha. O caminho tem cerca de 8km (ida e volta), apesar de ser longo, ele não é tão difícil. Mas, é importante ter o mínimo de disposição para andar essa distância. Você vai encontrar alguns pontos com subida, escadas, descidas e até mesmo escorregadios. O ideal é ter bastante atenção pelas 6h de trilha.

Agora, se você está se perguntando qual é a recompensa após tanto tempo andando, simplesmente contemplar a Queda do Meu Deus, de 53 metros de altura. Mas, além de ver essa cachoeira super incrível, você vai passar por mais 11 cachoeiras antes, são elas:

  • Cachoeira do Jacaré
  • Cachoeira Bela Vista
  • Cachoeira Escondida
  • Cachoeira trigêmeas
  • Cachoeira Pequena
  • Cachoeira Branca
  • Cachoeira do Funil
  • Cachoeira do Palmito
  • Cachoeira do Pulo
  • Cachoeira do Papo
  • Cachoeira da Jaguatirica
  • Cachoeira Quebra Corpo

Lugar para se refrescar e fazer uma pausa é o que não vai faltar com essas 12 cachoeiras incríveis, não é mesmo?!

Ademais, é indispensável a presença de um guia, sem ele você não poderá fazer a trilha, então antes de ir para o Vale das Ostras, é importante já deixar agendado para que no dia do passeio não tenha problemas.

Por fim, não esqueça de ir com um sapato confortável, roupas leves, levar água, lanchinho, protetor solar e repelente. Aliás, vale lembrar que por ser uma trilha longa, não é recomendado levar crianças pequenas.

O Visual no Vale das Ostras

Visual da cachoeira do Vale das Ostras, SP

Fonte: Bravus Trip

Nem precisamos falar sobre as belezas que você vai encontrar pelo caminho em meio à Mata Atlântica, local de muita natureza e diversidade incríveis.

Então aproveita para respirar o ar puro, contemplar a fauna e flora local, se refrescar nas cachoeiras, relaxar e aproveitar esse momento de muita paz e tranquilidade. E claro, contemplar a última cachoeira, que prova que todo o caminho valeu a pena!

Curiosidades sobre o Destino

Cachoeira no Vale das Ostras - Curiosidades

Fonte: PETAR

A curiosidade mais interessante é que a Cachoeira de Meu Deus, que você vai contemplar ao final da trilha, é considerada a mais bonita do estado de São Paulo. Além disso, vários trechos da trilha você vai passar por dentro do rio, então é legal estar preparado para isso, levando tênis e uma muda de roupa extra.

Esse é um local de imersão na natureza, então você não vai encontrar restaurantes ou lanchonetes próximos. Outra curiosidade interessante é que pelo caminho você vai encontrar piscinas naturais e cachoeiras para mergulhar e se refrescar para recarregar a energia e seguir com a trilha.

Para finalizar, bem próximo da trilha, tem a Caverna do Diabo, e ela é considerada uma das mais bonitas do Brasil. E não é para menos, o local é cheio de estalagmites, estalactites e formações impressionantes. Então, não deixe de conhecer, pois é imperdível!

Onde se hospedar próximo ao Vale das Ostras

Hotel Porto Ribeirão

Fonte: Booking Hotel Porto Ribeirão

A trilha do Vale das Ostras fica um pouco mais afastada, então os hotéis ou pousadas ficam nas cidades vizinhas, eles possuem uma boa estrutura e recebem muitos turistas. Separamos algumas opções para você se hospedar, vem dar uma olhada!

O Hotel Porto do Ribeirão fica em Iporanga, tem uma arquitetura incrível, quartos muito confortáveis e uma vista maravilhosa. Inclusive, os quartos oferecem uma varanda para apreciar a vista. Além disso, o local serve café da manhã e possui restaurante.

Também em Iporanga, fica a Pousada Casa de Pedra, com piscina, quartos para família, cozinha compartilhada e vista para montanha.

Outra opção em Iporanga é a Pousada São Francisco PETAR, o local tem um lindo jardim, café da manhã e quartos para família.

 

Agora você já pode planejar seu passeio para esse paraíso, um final de semana é suficiente para recarregar as energias nesse lugar e voltar para a rotina com mais tranquilidade. Então, não deixe de conhecer o Vale das Ostras e compartilha essa matéria com quem vai curtir esse passeio com você!